quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Faxina mental...

Depois de mais um ano cheio de altos e baixos, me vi na obrigação de fazer uma faxina mental e espiritual.... Mudei os móveis de lugar, joguei algumas coisas fora, energizei minhas pedras e renovei minha esperança... Mudei a cor do cabelo e cortei... assumi meus cabelos crespos, ousando com um curtinho básico. Sinceramente... AMEI! Me senti tão "eu"... tão natural... Sem artimanhas nem disfarces, eu tive o atrevimento de me encontrar no espelho como realmente sou... Estou feliz por voltar a me enxergar, e me reconhecer na verdadeira beleza da simplicidade.
Q VENHA 2010!!




VIra Virou.... minha vida.


Ai se alguém segura o leme

            Dessa nave incandescente

Que incendeia minha vida

Que era viajante lenta
             Tão faminta da alegria

Hoje é porto de partida
Ah! Vira virou
         Meu coração navegador
Ah! Gira girou
                       Essa galera


segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

sábado, 26 de dezembro de 2009

retrospectiva 2009...

Mais um natal se foi....ainda bem!!  Ñ gosto dessa data, ñ sei pq mas fico meio melancólica... Bobagem... O importante é q o Ano Novo se aproxima e esse evento me deixa esperançosa ... 
Nessa hora vem o balanço final d ano q está acabando...Eu acho q meu ano foi bem produtivo, ñ tanto quanto eu queria , mas foi... O primeiro semestre foi bem legal, trabalhei como "reporter correspondente quebra galho" e escrevi e vivi matérias bem legais, como o evento paradesportivo q aconteceu n city, o fim d semana de paraquedismo, Mocajje Cros, e alguns bafões como morte, assassinato e política..eca! rs... Aprendi muito sobre o poder da palavra e da escrita nos 6 primeiros meses de 2009... 
O segundo semestre ñ foi tão animado como o primeiro, mas trouxe lições preciosas e muito mais importantes... Desempregada eu entrei em depre ( se é q um dia eu sai!rs) , sem grana, contas a pagar... Ai me internei n net e na minha arte... já estava desanimando quando surgi uma tal "Incomunidade Vip" e muda tudo...Mais uma vez o acaso estaria presente, mostrando q muuuito ainda virá... Nessa Incomunidade eu me encontrei, desabafei e fiz amigos. Através desses "amigos virtuais" eu criei forças p lutar contra um mal q a anos me consumia...encontrei tb a oportunidade p mostrar meus trabalhos e até fiz novos e "preciosos" clientes.... Sinto q ainda a muito a ser conquistado na Incomu, mas com força e respeito eu posso ir além... Acho q o melhor dessa nova "família" é q eles  ajudaram a me redescobrir na arte, hoje tenho absoluta certeza q posso, basta ter disciplina e paixão ... 
Ganhei novos amigos, talvez tenha perdido outros p excesso d paixão, mas tudo bem...a vida continua...é a roda d vida girando, as vezes por cima outras vezes por baixo,mas sempre girando.... RODA MUNDO, RODA GIGANTE, RODA MOINHO, RODA PIÃO...O TEMPO RODOU NEM INSTANTE AS VOLTAS D MEU CORAÇÃO...
Acaba logo ano... 

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Ritual das agulhas

Ainda fico em choque quando leio notícias de crianças que sofrem maus tratos. Essa notícia no garotinho com 50 agulhas enfiadas em seu corpo é simplesmente horrível!! O que leva um ser humano a fazer isso com uma criança?? Usar uma criança indefesa num ritual de magia negra é muita maldade...Enfiar 50 agulhas, uma a uma, no corpo de uma criança de apenas 2 anos de idade é assombroso. Nessa hora eu penso na justiça...A justiça divina com certeza acerta, mas é a dos homens?? Não tenho duvida da condenação dessas pessoas, mas penso que  infelizmente esses "monstros" não ficarão o tempo que realmente merecem na cadeia. Graças a essas falhas no código penal pessoas como essas voltarão ao convívio social, enquanto o garoto que tinha uma vida pela frente está entre a vida e a morte... alguma agulhas já perfuraram o pulmão e o coração...
Garoto tinha 42 agulhas no corpo; uma das agulhas chegou a perfurar um dos pulmões


Minhas pinturas, por piores que sejam , mesmo assim ainda é mais arte do que toda essa indústria artística descartavel...Ta tudo errado!! Enquantos pintores, desenhistas, escultores, artistas de alma não conseguem apoio para mostrarem seu talento, essa indústria "artificial" ganha rios de dinheiro com peças bizarras q alguns chamam de arte....Minha arte não é tão "grandiosa" mas com certeza é muito mais sincera.



segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Ressonância Schuman - Tudo a ver!!


Por Leonardo Boff (Teólogo e escritor)

Não apenas as pessoas mais idosas, mas também jovens fazem a experiência de que tudo está se acelerando excessivamente. Ontem foi carnaval, dentro de pouco será Páscoa, mais um pouco, Natal. Esse sentimento é ilusório ou possui base real? Pela "ressonância Schumann" se procura dar uma explicação.
O físico alemão W.O. Schumann constatou em 1952 que a Terra é cercada por uma campo eletromagnético poderoso que se forma entre o solo e a parte inferior da ionosfera que fica cerca de 100 km acima de nós, criando o que se chamou de "cavidade Schumann". Nessa cavidade produz-se uma ressonância (dai chamar-se ressonância Schumann) mais ou menos constante da ordem de 7,83 pulsações por segundo(hertz). Funciona como uma espécie de marca-passo, responsável pelo equilíbrio da biosfera, condição comum de todas as formas de vida. Essa ressonância está ligada ao sol e às condições ecológicas gerais da biosfera e da atividade poluidora humana. Sabe-se que o aumento crescente do uso de celulares favorece a poluição magnética a nivel de todo o sistema-Terra, além de interferir no equilíbrio magnético dos neurônios.
Verificou-se também que todos os vertebrados e o nosso cérebro são dotados da mesma frequência de 7,83 hertz. Empiricamente fêz-se a constatação que não podemos ser saudáveis fora desta frequência biológica natural. Antes, ela é extremamente propícia para o estudo e para o equilíbrio emocional humano. Quando nosso sistema biológico funciona nos parâmetros desta frequência, ele está em sintonia com a frequência magnética da Terra.
Experimentos que Schumann fez com estudantes, encerrando-os em "bunkers" isolados magneticamente, mostrou que ficavam perturbados. Introduzindo as ondas Schumann, voltavam, pouco tempo depois, ao estado normal. Detectou-se também que toda vez que os astronautas, em razão das viagens espaciais, ficavam fora da ressonância Schumann, adoeciam. Mas submetidos à ação de um "simulador Schumann" recuperavam o equilíbrio e a saúde.
Por milhares de anos as batidas do coração da Terra tinham essa frequência de pulsações e a vida se desenrolava em relativo equilíbrio ecológico. Ocorre que a partir dos anos 80 e de forma mais acentuada a partir dos anos 90 a frequência passou de 7,83 para 11 e para 13 hertz por segundo. O coração da Terra disparou. Coincidentemente desequilíbrios ecológicos se fizeram sentir: perturbações climáticas, maior atividade dos vulcões, recrudescimento do "el Niño", maior degêlo nas calotas polares, aumento de tensões e conflitos no mundo e de comportamentos desviantes nas pessoas, entre outros. Devido à aceleração geral, a jornada de 24 horas, na verdade, é somente de 16 horas. Portanto, a percepção de que tudo está passando rápido demais não é ilusória, mas teria base real neste transtorno da ressonância Schumann.
Gaia, esse superorganismo vivo que é a Mãe Terra, deverá estar buscando formas de retornar a seu equilíbrio natural. E vai consegui-lo, mas não sabemos a que preço, a ser pago pela biosfera e pelos seres humanos. Apenas enfatizo a tese recorrente entre grandes cosmólogos e biólogos de que a Terra é, efetivamente, um superorganismo vivo, de que Terra e humanidade formamos uma única entidade, como os astronautas testemunham continuamente lá de suas naves espaciais. Nós, seres humanos, somos Terra que num momento de sua evolução começou a sentir, a pensar, a amar e a venerar, e hoje, a se alarmar. Porque somos isso, possuimos idêntica natureza bioelétrica e estamos envoltos pelas mesmas ondas ressonantes Schumann.
Se quisermos que a Terra reencontre seu equilíbrio devemos começar por nós mesmos: fazer tudo com menos stress, com mais serenidade, com mais amor que é uma energia essencialmente harmonizadora. Para isso importa sermos um pouco anti-cultura dominante que nos obriga a ser cada vez mais competitivos e efetivos, gerando desequilíbrio generalizado nas relações humanas.
Precisamos respirar juntos com a Terra para conspirar com ela em benefício de mais entendimento entre os seres humanos, de maior cuidado para com a Casa Comum e de uma paz mais duradoura para toda a humanidade

Chatterton

Seu Jorge

Sangue! Sangue!
Sangue!

Chatterton, suicidou
Kurt Cobain, suicidou
Vargas, suicidou
Nietzsche, enlouqueceu
E eu!
Não vou nada bem
Não vou nada bem
Não vou nada bem
Não vou nada bem...

Chatterton, suicidou
Cléopatra, suicidou
Isocrates, suicidou
Goya, enlouqueceu
E eu!
Não vou nada bem...

Não vou nada bem...(17x)
Chatterton, suicidou
Marc-Antoine, suicidou
Van Gogh, suicidou
Schumann, enlouqueceu
E eu!
Puta que pariu!
Não vou nada bem...

Não vou nada nada
Não vou nada bem
Não vou nada bem
Não vou nada bem
Puta que pariu!...




domingo, 13 de dezembro de 2009

Sabe... eu ñ sou boa com as palavras, tb ñ tenho sorte no amor...Nunca ganhei em sorteios, nem acho dinheiro perdido na rua...nem uma moedinha se quer...rs Apesar disso me sinto uma garota de sorte, porque quando tudo parece certo algo superior mostra q eu estava enganada , me tirando assim d mais uma roubada ... A vida insiste em me testar, as  vezes eu acerto mas geralmente erro nesses testes...pelo menos estou aprendendo cada vez mais sobre a alma humana...suas ilusões e limites! Tudo tão confuso e certo... tudo tão estranho e familiar...
E assim vou seguindo na vida...eu e a solidão. Amigas, amantes e confidentes! Juntas pra sempre...
...e lá se foi mais uma ilusão, foi junto com a chuva de lágrimas q limpou minha alma...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009


"LÁ NA PORTEIRA


EU DEIXEI MEU SENTINELA


LÁ NA PORTEIRA


EU DEIXEI MEU SENTINELA


EU DEIXEI SEU MEIA NOITE


TOMANDO CONTA DA CANCELA..."

Roda Viva







"Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...

A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...

...
A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...

...
A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou...

A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola prá lá...

...
O samba, a viola, a roseira
Que um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou...

No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração..."

                      



Chico "Absoluto" Buarque


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Ano Novo Musical!!



Acabo de ler uma notícia que me deixou extasiada, Ivete com Beyonce no carnaval da Bahia.....caraca!! Vai pegar fogo!!!!  Alguns dias atrás também li que o governo de Brasília está pensando em contratar o show da Madonna (minha DIVA) pro aniversário no Distrito Federal....AFF!! Olha eu já tendo faniquitos antecipado....rs  E pra fechar o cara do Rio do janeiro , depois da visita da DIVA, também disse q o Reveion de 2010 p 2011 será com a DIVA MADONNA em Copacabana...AFFFFFFF!!!   TO LOKA!!!!   Q papai do céu permita q eu possa ir aos 3 shows!!!! Começando a mentalizar positivo para o que eles prometeram se torne realidade... OONNNNN..... !!!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

FILTRO SOLAR


Nunca deixem de usar filtro solar!
Se eu pudesse dar uma só dica sobre o futuro,seria esta: use filtro solar.Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar
estão provados e comprovados pela ciência;
já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria experiência errante.
Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês.
Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder
e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas, pode crer, daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e
perceber de um jeito - que você nem desconfia hoje em dia
quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua frente,
e como você realmente tava com tudo em cima.
Você não é tão gordo(a) quanto pensa!
Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação
é tão eficaz quanto mascar chiclete
para tentar resolver uma equação de álgebra.
As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir de coisas que nunca
passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco às quatro
da tarde de uma terça-feira modorrenta.
Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.
Cante.
Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.
Estique-se.
Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos vinte e dois, o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.
Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto-congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo.
É assim pra todo mundo.
Desfrute de seu corpo.
Use-o de toda maneira que puder. Mesmo.
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele.
É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir.
Dance.
Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.
Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio.
Dedique-se a conhecer os seus pais.
É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado
e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro.
Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.
Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas
e de estilos de vida, porque quanto mais velho você ficar,
mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando jovem.
More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer.
Viaje.
Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir. Os políticos vão saracotear.
Você, também, vai envelhecer.
E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem,
os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes,
e as crianças, respeitavam os mais velhos.
Respeite os mais velhos.
E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada.
Talvez case com um bom partido.
Mas não esqueça que um dos dois pode de repente acabar.
Não mexa demais nos cabelos senão quando você chegar aos quarenta
vai aparentar oitenta e cinco.
Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo,
repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.
Mas no filtro solar, acredite!
Pedro Bial...

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Diego Souza Verde...


Perdemos o campeonato, mas ganhamos um ídolo... espero que você continue no verdão!!


"Talvez não seja nessa vida ainda
Mas você ainda vai ser a minha vida
Então a gente vai fugir pro mar
Eu vou pedir pra namorar,
Você vai me dizer que vai pensar,
Mas no fim, vai deixar

Talvez não seja nessa vida ainda
Mas você ainda vai ser a minha vida
Sem ter mais mentiras pra me ver
Sem amor antigo pra esquecer
Sem os teus amigos pra esconder
Pode crer, que tudo vai dar certo"

 Trecho da música Outra vida....Armandinho.
:)



Estado de adoração

Não sei viver de outra forma que não seja por inteiro, intensamente eu... Sempre! Mesmo que meu desejo não passe de ilusão, mesmo que meu sonho seja um erro, mesmo assim estarei entregue a emoção de estar viva... Sentindo a vida em toda sua plenitude cósmica de adoração. É assim que sou, é assim que estou... em estado de adoração!! Não tenho medo da decepção... Só de tentar acertar já vale a pena ter vivido!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Ai que saco não saber escrever direito!! Tanta idéia rolando solta em minha mente e eu aqui sem saber como usar as palavras....tantas sensações e descobertas....tanta saudade!!

sábado, 5 de dezembro de 2009



Ao pé da serra ficou parte minha histórias... entre rio e santos existe um elo perdido ... uma cheiro....um gosto... uma extâse q só minha alma senti...Uma força invisível que me faz parte de lá!!
Saudades de casa!!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Nasce uma personagem....


Etòile...                                                                                                          

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Lícito...

Hoje não estou mais ilícita...parei de errar! Peguei de volta as rédeas de minha vida e voltei a estrada lícita amparada pelas pílulas mágicas da felicidade... Estou muito curiosa pra saber como será essa nova "onda" permitida...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009


"Eu não distingo cores, adoro o arco-íris.
Não sei o que é homem nem mulher, nem qual o sexo fraco... Só conheço o Ser Humano.
Nunca vi brancos nem pretos, amarelos ou vermelhos... Vejo outras culturas e outros povos.
Não acredito em heterossexualidade, bissexualidade e homossexualidade... Acredito apenas na sexualidade.
Não sou Budista nem Cristão, nem tenho Alá no coração... Mas tenho FÉ!"


"UM DIA DESCOBRIMOS QUE BEIJAR UMA PESSOA PARA ESQUECER OUTRA, É BOBAGEM.
VOCÊ NÃO SÓ NÃO ESQUECE A OUTRA PESSOA COMO PENSA MUITO MAIS NELA...
UM DIA DESCOBRIMOS QUE SE APAIXONAR É INEVITÁVEL...
UM DIA PERCEBEMOS QUE AS MELHORES PROVAS DE AMOR SÃO AS MAIS SIMPLES...
UM DIA PERCEBEMOS QUE O COMUM NÃO NOS ATRAI...
UM DIA SABEREMOS QUE SER CLASSIFICADO COMO O “BONZINHO” NÃO É BOM...
UM DIA PERCEBEREMOS QUE A PESSOA QUE NUNCA TE LIGA É A QUE MAIS PENSA
EM VOCÊ...
UM DIA
SABEREMOS A IMPORTÂNCIA DA FRASE:
 “TU TE TORNAS ETERNAMENTE RESPONSÁVEL POR AQUILO QUE CATIVAS...”
UM DIA PERCEBEMOS QUE SOMOS MUITO IMPORTANTES PARA ALGUÉM, MAS NÃO DAMOS VALOR A ISSO...
UM DIA PERCEBEMOS COMO AQUELE AMIGO FAZ FALTO, MAS AI JÁ É TARDE DEMAIS...
ENFIM... UM DIA DESCOBRIMOS QUE APESAR DE VIVER QUASE 100 ANOS, ESSE TEMPO TODO NÃO É
SUFICIENTE PARA REALIZARMOS TODOS OS NOSSOS SONHOS, PARA DIZER TUDO QUE TEM DE SER DITO...
O JEITO É: OU NOS CONFORMAMOS COM A FALTA DE ALGUMAS COISAS NA NOSSA VIDA OU LUTAMOS PARA REALIZARMOS TODAS AS NOSSAS LOUCURAS...
QUEM NÃO COMPREENDE UM OLHAR TAMPOUCO COMPREENDERÁ UMA LONGA EXPLICAÇÃO. "

MÁRIO QUINTANA.




Eu...
Gosto dos venenos os mais lentos!
As bebidas as mais fortes!
Dos cafés mais amargos!
E os delírios mais loucos.
Você pode ate me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
E daí
eu adoro voar!!!
Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar
em contato...
Ou
toca, ou não toca.
Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.
Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.
Sou irritável e firo facilmente.
Também sou muito calmo e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre.
Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim.


Frases reunidas d Clarice Lispector

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

domingo, 29 de novembro de 2009

Serenata


"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"      

Cecília Meireles

sábado, 28 de novembro de 2009

Os sábados do agora

Nos sábados de hoje em dia é isso que faço...escrevo memórias de um passado não tão distante, mas que hoje se faz presente como um combustível saudoso que alimenta meu espírito. Pena que escrevo e depois apago... rs
Hoje tentarei postar tudo o que sair dessa cabeça perdida...   :)
 Só de pensar em toda as loucuras vividas,na entrega cega pelos prazeres de estar jovem, já me sinto menos desanimada... Foram muitas noites de sinceridade, e paixão... Uma paixão louca pela vida e pelas pessoas.
Mesmo em casa, em pleno sabadão, mesmo assim eu ainda saio até o quintal, olho o céu e tento sentir o cheiro que a noite traz ... alimento minha alma da essência noturna!  Muito bom poder sentir isso...rs  
Minha balada hoje em dia é mais calma, alguns livros, giz e o teclado... E nessa balada pacata e certa vivo a fase mãe de "aborrecente" feliz...
  Hoje acredito que tudo tem a sua hora, e agora é a hora de zelar e curtir o desabrochar de minha filha. Me descubro a cada dia nela, e não me importo de não ser mais uma filha da noite, porque  sou mãe da luz que brilha dentro dessa garota linda ...minha filha! 
Sou eu e ela na vida, unidas...sempre e pra sempre!!
Amo você minha vida!!




....  e viva os sábados que ainda virão!!

>_<

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

O GUERREIRO DA LUZ






...recebi esse texto e achei interessante passar p frente...

A conversa com o demônio
 
 
O homem olha o entardecer na linda praia, ao lado de sua mulher, durante suas merecidas férias. Tudo parece absolutamente no seu lugar, e de repente, do fundo do seu coração, surge uma voz simpática, companheira, mas com uma pergunta difícil:
“Você está contente?”
“Sim, estou”, responde.
“Então olhe com cuidado à sua volta”.
“Quem é você?”
“Sou o demônio. E você não pode estar contente, porque sabe que, cedo ou tarde, a tragédia pode aparecer e desequilibrar seu mundo. Olhe com cuidado à sua volta, e entenda que a virtude é apenas uma das faces do terror”.
E o demônio começa a mostrar tudo o que está acontecendo na praia. O excelente pai de família que neste momento empacotava as coisas e ajudava os filhos a colocarem um agasalho, que gostaria de ter um caso com a secretária, mas estava aterrorizado com a reação da mulher.
A mulher, que gostaria de trabalhar e ter sua independência, mas estava aterrorizada com o a reação do marido.
As crianças que se comportavam bem, com terror dos castigos.
A moça que lia um livro, sozinha numa barraca, fingindo displicência, enquanto sua alma aterrorizava-se com a possibilidade de jamais encontrar o amor de sua vida.
O rapaz com a raquete exercitando seu corpo, aterrorizado pelo fato de precisar corresponder às expectativas de seus pais.
O velho que não fumava e não bebia dizendo que tinha mais disposição agindo assim, quando na verdade o terror da morte sussurrava como o vento em seus ouvidos.
O casal que passou correndo, os pés espalhando a água da arrebentação, o sorriso nos lábios, e o terror oculto dizendo que iam ficar velhos, desinteressantes, inválidos.
O homem que parou sua lancha na frente de todos e acenou com a mão, sorrindo, queimado de sol, sentindo terror porque podia perder seu dinheiro de uma hora para a outra.
O dono do hotel que veio cumprimentar seus hóspedes no momento em que o sol se escondeu, tentando deixar todos contentes e animados, exigindo o máximo de seus contadores, com terror na alma porque sabia que — por mais honesto que fosse — os homens do governo sempre descobriam as falhas que desejassem na contabilidade.
Terror em cada uma daquelas pessoas na linda praia, no entardecer de tirar o fôlego. Terror de ficar sozinho, terror do escuro que povoava a imaginação de demônios, terror de fazer qualquer coisa fora do manual do bom comportamento, terror do julgamento de Deus, terror dos comentários dos homens, terror da justiça que punia qualquer falta, terror da injustiça que deixava os culpados soltos e ameaçadores, terror de arriscar e perder, terror de ganhar e ter que conviver com a inveja, terror de amar e ser rejeitado, terror de pedir aumento, de aceitar um convite, de ir para lugares desconhecidos, de não conseguir falar uma língua estrangeira, de não ter capacidade de impressionar os outros, de ficar velho, de morrer, de ser notado por causa de seus defeitos, de não ser notado por causa de suas qualidades, de não ser notado nem por seus defeitos, nem por sua! s qualidades.
“Espero que isso o deixe mais tranqüilo”, terminou o demônio. “Afinal, você não está sozinho com seus medos”.
“Por favor, não vá embora sem antes ouvir o que tenho a dizer” respondeu o homem. ”Temos uma capacidade incrível para detectar dores, remorsos, feridas – ou terror, como você prefere. Mas certa vez meu pai me contou a história de uma macieira que, de tão carregada de maçãs, não conseguia deixar que seus galhos cantassem com o vento. Alguém que passava perguntou porque ela não procurava chamar a atenção, como todas as outras árvores. ‘Meus frutos são minha melhor propaganda’, respondeu a macieira”.
“Claro que não sou diferente de ninguém, e meu coração abriga muitos medos. Mas apesar de tudo, os frutos de minha vida falam por mim, e se algum dia acontecer uma tragédia, eu sei que não passei minha vida sem arriscar”.
E o demônio, decepcionado, partiu para tentar assustar outras pessoas mais fracas.

terça-feira, 24 de novembro de 2009


Acrilic on Canvas



É saudade, então


E mais uma vez
De você fiz o desenho mais perfeito que se fez
Os traços copiei do que não aconteceu
As cores que escolhi entre as tintas que inventei
Misturei com a promessa que nós dois nunca fizemos
De um dia sermos três
Trabalhei você em luz e sombra


...


É só você que me provoca essa saudade vazia
Tentando pintar essas flores com o nome
De "amor-perfeito"
E "não-te-esqueças-de-mim"



Legião Urbana

Saudades....

Estou com saudades de algo que só vivi em minha cabeça, uma coisa forte e rápida do tipo que deixa um rastro de estrelas...de minúsculas partículas de magia... Estou sentindo falta de sonhar com você, mesmo que em vão... De poder dividir nossas idéias, ideais e dores... Estou com saudade daquilo que pintei, entre rabiscos e sonhos você acabou se tornando a inspirarão... " e pintei você de tamanhos diferentes, e fiz então pinceis com seus cabelos..." Salve Renato Russo!!
Agora o que era sonho virou a realidade solitária de mais um engano, em busca do vazio que habita em mim....
A tristeza veio tão inesperadamente, como um balde de aguá absolutamente gelada... Fiquei molhada de realidade e acordei ao lado da saudade... de algo que só senti dentro de mim.

Dedico a estrela que reconheceu sua alma amor...

sábado, 7 de novembro de 2009

Aqui estou....

Vou tentar mais uma vez escrever um blog...rs Tentarei resumir meus pensamentos em textos cibernéticos, com muios erros ortográficos e com toda sinceridade existente em minha imaginação insana. Aff!! Imagina oq pode sair disso tudo!!
Toda vez q vejo algo q  chama atenção tenho vontade d escrever minhas idéias a respeito  mas quando chego aqui ñ rola, ñ consiguo escrever nada...hahaah  Oq será isso?? Falta d coêrencia d idéias?? Toxinas d mais n meu cérebro??? ...Bom, o fato é q vou tentar mais uma vez, e espero siceramente q alguem leia ,e quem sabe até goste...